Motociclista morre após ser colhido por caminhão nessa tarde em Petrópolis

A Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) registrou por volta das 13h30 desta quarta-feira, um acidente fatal envolvendo dois veículos no cruzamento entre a rua Jundiaí e avenida Hermes da Fonseca, em Petrópolis.
Na ocasião, o piloto (Edvaldo Barbosa Barreto, 64 anos) da Honda Titan de placa OWF 1843/Parnamirim foi colhido por um caminhão baú de placas QGB 8358 e morreu na hora. Após duas horas, o corpo foi coberto por populares na via pública à espera da equipe do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) e da Delegacia Especializada em Acidente de Veículos (DEAV).

Segundo o comerciante Sebastião Júnior, a pancada foi estrondosa. Após a colisão frontal, o caminhão ainda arrastou a motocicleta por quase 20 metros de distância. Pedaços de ambos veículos ficaram espalhados pela rua. “Quando saí do meu estabelecimento, o motociclista já estava caído. Havia muito sangue ao lado do capacete, o que pode ter sido traumatismo craniano”, disse.
O motorista do caminhão, identificado por Genival Costa, disse à reportagem que vinha pela rua Jundiaí, quando o motociclista atravessou o sinal vermelho pela Hermes da Fonseca.

Segundo o sub-tenente da CPRE, Ângelo Fabrício, a Polícia Civil deverá analisar as imagens de câmeras em dois estabelecimentos comerciais. “Essa via é bem sinalizada e, pelo horário do acidente, não temos dúvida que um dos condutores avançou o sinal vermelho”.
INUSITADO – Durante a movimentação da polícia para interditar parte da rua Jundiaí, três motoristas curiosos que trafegavam pela Hermes da Fonseca se distraíram e acabaram colidindo os veículos. Agentes da STTU precisaram interferir e o trânsito ficou ainda mais congestionado na área.