Menina de 10 anos violada pelo tio foi impedida de abortar


Menina de 10 anos violada pelo tio foi impedida de abortar

Uma menina de 10 anos que alegadamente foi violada pelo tio, na Índia, e que em resultado da violação engravidou, foi impedida de abortar, escreve o Indian Express. 
A menina está grávida de seis meses mas um tribunal indiano decidiu que o aborto não era opção dado o estado avançado da gravidez.

Depois de os pais descobrirem que a menina estava grávida, esta contou-lhes que havia sido violada pelo tio seis vezes quando a visitava em sua casa.
A lei indiana não permite que uma gravidez seja interrompida depois das 20 semanas de gestação, a não ser que a vida da mãe esteja em risco ou se o feto não for geneticamente saudável.
Os oito médicos que examinaram a menina decidiram que o feto estava bem, determinando que a gravidez tinha de prosseguir, sendo a única maneira de interromper a gravidez o nascimento do bebé.
Apesar da opinião dos oito clínicos, um outro médico de Deli defendeu que o aborto devia ser feito "imediatamente" para proteger a criança de maus-tratos psicológicos.
"Sim, há riscos em abortar nesta fase, mas para a criança, que ainda se está a desenvolver, as cicatrizes vão ser muitas", alertou.
Fonte;https://www.noticiasaominuto.com/mundo/835375/menina-de-10-anos-violada-pelo-tio-foi-impedida-de-abortar