Tentando envenenar marido, mulher mata 13 pessoas no dia do casamento


Após ser obrigada a se casar contra sua vontade, uma paquistanesa matou seu marido envenenado. Asiya Bibi colocou veneno misturado em um copo de leite e esperou que o homem tomasse. O que não contava era que – antes de ingerir – ele misturaria o líquido em uma jarra de lassi, uma bebida à base de iogurte popular no Sul da Ásia, e serviria aos convidados.
Com isso, além de assassinar seu alvo, a mulher acabou matando mais 12 pessoas. No total, 27 convidados tomaram do veneno, mas 14 conseguiram sobreviver após serem hospitalizados. Segundo o jornal britânico The Independent, o chefe da polícia local, Owais Ahmad, informou que – além de prender a mulher – também deteve sua tia e um homem por cumplicidade. Todos serão julgados por assassinato. De acordo com as especulações do policial Ahmad, o homem envolvido seria amante de Asiya e a tia foi quem planejou o crime.
Apesar da gravidade do fato, casamentos forçados – geralmente de menores de idade – são comuns no Paquistão. Além do matrimônio contra a vontade da mulher, também é naturalizado que elas sejam assassinadas supostamente por alegação de defesa da honra.

Fonte;http://curiosamente.diariodepernambuco.com.br/project/mulher-queria-matar-o-marido-mas-acaba-assassinando-mais-12-pessoas/

0 Comentários