Professora faz aula de campo para facilitar a aprendizagem na história da cidade


O processo de ensino e aprendizagem é um procedimento muito complexo, que envolve entrega tanto do professor quanto dos alunos. Para que possa acontecer, deve haver uma sintonia somada a interesses e empenhos vindos de todo corpo formador do espaço escolar.

No entanto, atualmente muitas são as dificuldades enfrentadas no âmbito escolar e, em virtude disso, muitos alunos acabam desmotivados no ambiental educacional. Diante disso, cabe ao profissional da educação transformar essa realidade que tanto dificulta o processo de ensino e aprendizagem por meio de alternativas, ou seja, estratégias didáticas atraentes para o alunado.

Nesse contexto, destaca-se a aula de campo feita pela Professora de História Elione Soares, do 7º "B", da Escola Jessé Pinto Freire em Carnaúba, que tem usado isso como um importante recurso didático, facilitador da aprendizagem, tendo em vista as necessidades por busca de estratégias didáticas que facilitem a relação entre professores e alunos, pois o trabalho fora da sala de aula tende a auxiliar a construção do conhecimento da história de Georgino Avelino, tais como, visita aos pontos turísticos da cidade e o cemitério indígena. 

A Professora Elione disse que esse tipo de aula, busca a valorização da nossa natureza e da integração do conhecimento em sala de aula e principalmente fazer o aluno conhecer melhor nossa cidade sabendo do seu potencial turístico.