Solidão pode ser tão mortal quanto fumar, diz estudo




Um estudo realizado pela Brigham Young University, de Utah, nos Estados Unidos, comprova que a solidão pode ser tão mortal quanto fumar 15 cigarros por dia. A pesquisa foi apresentada na convenção americana de psicologia, pela professora de neurociência e autora do estudo, Julianne Holt-Lunstad.
Foram analisados 148 estudos envolvendo mais de 300 mil pessoas. O resultado desta análise trouxe a tona a informação de que os participantes que tinham melhores laços sociais tinham os riscos de morte reduzidos em 50%. Além desse resultado, a análise de 70 pesquisas prévias, envolvendo mais de 3 milhões de pessoas, mostrou três características preocupantes: isolamento social, solidão e viver sozinho. Essas três características apresentam mais risco de morte do que a obesidade, por exemplo, além do fumo.
“Nós apenas olhamos para a mortalidade relacionada a doenças e não tomamos em consideração acidentes ou suicídios. E, claro, ser socialmente isolado e solitário também está associado ao aumento do risco de suicídio. Portanto, o nosso é realmente uma estimativa conservadora”, explicou a autora do estudo ao Seeker.
A pesquisadora alerta que as descobertas deveriam servir para embasar políticas de estado, em que a socialização deveria ser vista como uma questão de saúde pública.


Fonte;http://curiosamente.diariodepernambuco.com.br/project/solidao-pode-ser-tao-mortal-quanto-fumar-diz-estudo/

0 Comentários