Pais têm overdose e 5 filhos convivem com corpos por quase uma semana




Quatro crianças entre cinco e 13 anos passaram quase uma semana vivendo ao lado dos corpos mortos da mãe e do padrasto sem perceber na cidade de Huelva, na Espanha. Os meninos acreditaram que o casal estava dormindo e continuaram a fazer atividades simples do dia a dia, como ir à escola, tomar banho e comer, pois, de acordo com o jornal europeu El Español, eram acostumados com os hábitos da mãe, que tomava pílulas para dormir e passava o dia inteiro na cama.
As mortes da mulher e do companheiro só foram descobertas após uma das crianças falar para o porteiro do conjunto no qual moravam que não podia chamar a mãe para abrir a porta porque ela estava dormindo. “Ele insistiu e quando o pequeno voltou falou que a mãe dele estava muito fria”, contou uma vizinha que não quis se identificar. Os corpos foram levados para autópsia e no local descobriram que o casal estava morto por overdose de remédios há ao menos cinco dias.
Rocio e José Antonio Aguilar tinham se mudado para o local menos de um mês antes, vindos de outra cidade espanhola. A mulher já tinha histórico de depressão e tentara se matar outras três vezes, sem sucesso. “Ela foi uma mulher com a vida muito infeliz. É uma pena, porque não a víamos tratar os filhos mal”, afirmou uma das moradoras da região, Bélla Vasquez, em entrevista ao canal espanhol ABC Servilla.


Fonte;http://curiosamente.diariodepernambuco.com.br/project/pais-tem-overdose-e-5-filhos-convivem-com-corpos-por-quase-uma-semana/

0 Comentários