Vila suíça com apenas 16 moradores busca turistas



A vila de Corippo, localizada nos Alpes Suíços, é a menor do país. Com apenas 16 habitantes, sendo 15 aposentados e o prefeito, a comunidade sofre com a perda de moradores ao longo das décadas. Os mais jovens mudaram-se da vila pra estudar em cidades grandes e conseguirem empregos. Assim, Corippo busca atrair turistas para movimentar a cidade.
A comunidade existe há mais de 600 anos. No século 19, a vila contava com cerca de 300 habitantes, mas a situação atual assusta o prefeito. “Temos apenas 16 moradores. E eu sou o único que trabalha, os demais são aposentados. Espero que eles vivam até os 90 anos, caso contrário não sobrará ninguém aqui. É realmente trágico”, comentou Claudio Scettrini, ao canal britânico BBC.


Sem movimentação econômica, a comunidade não tem mercados, escolas ou mesmo crianças. Apesar de ser localizada a apenas 30 minutos de carro de Locarno, uma comunidade bem mais movimentada, a péssima condição da estrada não ajuda no trânsito de pessoas.
Apesar da falta moradores e turistas, a comunidade se vê otimista em relação a visitantes. Corippo tem mais de 60 casas tradicionais do século 19, com telhados de pedra seca, lareiras e piso de madeira. É como viver em um século diferente. E a maioria dessas casas está vazia.  Daí, veio a grande ideia: transformar as casas vazias em quartos de hotel. “A vida em Corippo e em vilas similares é especial. O tempo desacelera, todo mundo se conhece e você sente a autenticidade da vida em uma vila que existe há séculos”, comenta o diretor de turismo do cantão de Ticino, Elia Frapolli.

Fonte;http://curiosamente.diariodepernambuco.com.br/project/vila-suica-com-apenas-16-moradores-busca-turistas/

0 Comentários