Mulher sente gosto, textura e cheiro das palavras e nomes






Kathryn Jackson, de 22 anos, mora em Nottingham, na Inglaterra, e sofre de uma condição chamada sinestesia gustatória-lexical. Isso ocorre quando mais de um sentido da pessoa se mistura com outro, como por exemplo, o olfato se misturar com a visão e o indivíduo se tornar capaz de sentir o cheiro das cores. No caso de Kathryn, ela sente gostos ao ouvir ou ver palavras.
Ela não consegue conversar com ninguém sem ser distraída pelo gosto mudando constantemente na boca, com alguns nomes com gosto de marshmallow, maçãs, cenoura ou quindim. Porém, não são apenas os diversos sabores que chamam atenção, mas ela também sente texturas e cheiro das comidas.
Assistir palestras, conversar com amigos, ler um livro, tudo isso provoca mudanças na boca de Kathryn. “Sofri com sinestesia gustatória-lexical minha vida toda. Às vezes uma palavra soa como uma comida, que faz com que eu sinta o gosto dela. Por exemplo, quando eu escuto o nome Lola, eu sinto o gosto de pirulitos [em inglês, lollipop]”, explicou ao portal britânico Daily Mail.
Ela também liga o gosto dos nomes com memórias de infância. Ao ver ou ouvir o nome John, ela sente gosto de batatas, provavelmente porque seu avô sempre fazia batata cozida para os jantares de domingo. Para compartilhar a forma como sente todas essas coisas, Kathryn criou um perfil no Instagram no qual ela posta desenhos criados por ela mesma que mostram o gosto dos nomes.



Fonte:http://curiosamente.diariodepernambuco.com.br/project/mulher-gosto-textura-e-cheiro-das-palavras-e-nomes/

0 Comentários