Cientistas acreditam que vírus Zika pode curar tumor cerebral






De acordo com cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, o vírus Zika poderia ser usado no tratamento de tumor cerebral. Em estudo, eles vão testar o efeito do vírus na glioblastoma, a forma mais comum e agressiva de tumor no cérebro.
Cerca de 2,3 mil pessoas são diagnosticadas, por ano, com esse tipo de câncer na Inglaterra e menos de 5% sobrevivem mais de cinco anos, segundo o portal de notícias da BBC Brasil. Os cientistas vão tentar confirmar se o Zika consegue obstruir as células cancerosas no cérebro.
Os tratamentos existentes contra o glioblastoma são limitados por causa da incapacidade de atravessar a barreira hematoencefálica, estrutura que atua principalmente para proteger o sistema nervoso central. Outro problema de lutar contra esse tipo de câncer é que as doses do tratamento devem ser mantidas baixas, pois pode haver dano ao tecido saudável.
No entanto, o vírus Zika consegue atravessar essa barreira hematoencefálica e poderia atingir as células cancerosas, poupando o tecido cerebral adulto normal e atacando a doença. “Esperamos mostrar que o vírus Zika pode retardar o crescimento do tumor cerebral em testes de laboratório. Se pudermos aprender lições a partir da sua capacidade de atravessar a barreira hematoencefálica e atingir as células-tronco seletivamente, poderíamos ter na mão a chave para futuros tratamentos”, explicou o pesquisador da Universidade de Cambridge, Harry Bulstrode.

Fonte: http://curiosamente.diariodepernambuco.com.br/project/cientistas-acreditam-que-virus-zika-pode-curar-tumor-cerebral/

0 Comentários