SBT lançará versão do “Show do Milhão” para celulares e dará prêmios a usuários

Posso perguntar? Está certo disso? Você quer a ajuda dos universitários? Valendo R$ 1 milhão. Várias são as frases eternizadas por Silvio Santos durante o período em que ele comandou o “Show do Milhão”, um de seus programas mais clássicos.
Para ganhar o prêmio máximo, o concorrente deveria responder corretamente a 16 perguntas, cujo nível de dificuldade aumentava gradativamente. A seu favor, contava com alguns bônus, como o direito de pular algumas questões e o auxílio das placas, cartas ou estudantes de graduação.

Se você era um dos aficionados pela brincadeira, aí vai uma ótima notícia: o game não é Nazaré Tedesco, mas também está de volta. A princípio – em se tratando de Silvio Santos tudo pode mudar a qualquer momento -, apenas pelo celular. Isso porque o SBT decidiu transformar o programa em aplicativo. Serão disponibilizadas duas versões: uma gratuita, mais simples, e outra paga, ao custo de R$ 9,90 mensais.

O usuário que optar pelo serviço Pró terá, além de um maior número de recursos a sua disposição, outros benefícios: o primeiro é que poderá jogar o dobro de partidas por dia. E, a outra vantagem é que, ao contrário dos CDs para computador, em que as quantias ganhas eram apenas fictícias, desta vez serão sorteados prêmios semanais em dinheiro.

Tudo é muito semelhante ao “Show do Milhão” exibido na TV, exceto por um detalhe: a pergunta deve ser respondida em, no máximo, 30 segundos. Cada acerto é convertido em um cupom que dá direito a participar aos sorteios. Além disso, ao se cadastrar no jogo, todos já concorrem a R$ 1 mil. Ao todo, mais de 35 mil perguntas foram criadas especialmente para o aplicativo, que já pode ser baixado por usuários do Sistema Android. A edição para IOS deve ser liberada nos próximos dias.

Enquanto você não vai à sua loja para efetuar o download, mate as saudades relembrando alguns dos melhores – ou piores, conforme o seu ponto de vista – momentos do “Show do Milhão”, que, por um pedido do dono do SBT, também foi recriado na exposição “Silvio Santos Vem Aí”, em cartaz no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo.
RD1

0 Comments