Aumento de práticas satânicas dispara demanda por exorcistas da Igreja Católica

“A falta de exorcistas é uma verdadeira emergência pastoral, dado o aumento de possessões diabólicas que os padres têm que enfrentar”, explicou Valter Cascioli, psicólogo e consultor científico da Associação Internacional de Exorcistas.
O especialista da organização, reconhecida pelo Vaticano, acrescentou que esse tipo de prática provoca tanto danos físicos quanto psicológicos e espirituais. Além do crescente culto satânico, há profissionais que afirmam que as intervenções diabólicas também estão relacionadas à perda de fé e valores, ao vício em pornografia e drogas.
Cascioli afirmou que para trabalhar nessa situação é necessário criar uma “abordagem interdisciplinar em que a ciência colabore com a religião e psiquiatras trabalhem com demonólogos e exorcistas”. O que todos os especialistas concordam é que a perda da fé dá lugar ao aumento do mal, o que explicaria essa demanda crescente de exorcismos.


Fonte: History

0 Comentários