Record exige que elenco participe de cultos da Igreja Universal

Record volta ao noticiário por conta de uma exigência absurda: a de que seus contratados participem dos cultos da Igreja Universal do Reino de Deus.
Como sabido, Edir Macedo, dono do canal, também é o líder da IURD. Segundo a coluna da jornalista Patrícia Kogut, mais que convidar, a emissora pressiona o elenco a ir às pregações.
Apesar de contrariados, alguns profissionais acabam comparecendo aos templos da Universal para prestigiar as celebrações religiosas.
A propósito, o Ministério Público investiga o aluguel de horários para igrejas na TV. A Record, Band, RedeTV!, TV Gazeta e CNT estão sendo analisadas. O processo ficou sob cuidados do procurador da República Sérgio Suiama, a partir de uma denúncia feita por um cidadão, por conta do excesso de conteúdo do segmento nas emissoras.

RD1

0 Comentários