Ingredientes contidos em pastas de dente estão associados ao câncer, afirma especialista

Poderia seu creme dental estar prejudicando gravemente sua saúde? Essa é a preocupação de um odontólogo que revela detalhes assustadores. Alguns produtos químicos contidos no creme dental estão associados a possíveis casos de câncer de boca e mama, além de doenças cardíacas.
Dr. Toby Talbot, especialista em odontologia restauradora e membro do Royal College of Surgeons of England, afirma que muitas vezes as substâncias estão nos produtos por uma questão industrial, não por segurança clínica: “O público é inteligente, mas precisam ver além do marketing e estar bem informado sobre o que estão comprando”.
Detergentes podem causar úlceras bucais
Lauril sulfato de sódio é usado nos cremes dentais em grandes quantidades, servindo como um agente detergente, mas também de mistura, facilitando que alguns elementos se mantenham unidos. Sem ele, algumas substâncias se separariam: “O problema com o lauril sulfato de sódio é que ele abre espaços nas células da boca, o que permite que toxinas ou carcinógenos entrem”, diz o Dr. Talbot. Estes carcinógenos podem vir de diversas fontes, incluindo cigarros, alimentos com agrotóxicos, etc.
Segundo ele, a mucosa bucal é um dos tecidos mais sensíveis e delicados do corpo. O lauril sulfato de sódio teria o poder de abrasão por ser um detergente, causando irritação na boca: “Se eu vejo um paciente com úlcera ou feridas na boca, a primeira coisa que faço é indicar uma pasta de dente que não contenha esta substância”.
Triclosan, um inimigo invisível?
No ano de 2014, de acordo com o jornal britânico Daily Mail, a empresa Colgate retirou a substância triclosan dos seus produtos vendidos nos Estados Unidos
Enquanto a Colgate afirma que o triclosan é seguro em doses pequenas, o Dr. Talbot afirma que: “Houve um clamor sobre produtos que contenham este ingrediente nos EUA no ano passado. Alguns ensaios com animais mostraram que o triclosan tem efeito sobre a atividade hormonal e potencial atividade carcinogênica”.
Em resposta à controvérsia, Patrícia Verduin, chefe de pesquisa e desenvolvimento da Colgate-Palmolive, disse em nota: “As recentes alegações de que o triclosan no produto Colgate Total podem levar ao câncer são absolutamente falsas. Reguladores globais analisaram a questão da carcinogenicidade e concluíram que o triclosan em produtos de consumo não representa um risco de câncer humano”.
Branqueadores atacam sua gengiva
Muitos produtos que dizem clarear os dentes possuem o peróxido de hidrogênio, também chamado de água oxigenada: “Ele é conhecido por ser tóxico e irritante para os tecidos moles, danificando as membranas da boca e pode causar danos às superfícies de suas gengivas”.
Ainda segundo o Dr. Talbot, a concentração desta substância nos produtos vendidos nos mercados não é suficiente para provocar um real efeito clareador, sendo considerado por ele como uma “propaganda enganosa”.
Jornal Ciência, via Daily Mail

0 Comentários